Saiba tudo sobre as novas versões do macOS, watchOS e tvOS!

A keynote de abertura da WWDC de ontem foi uma das mais longas de sempre, o que se traduziu em muitas (e boas) novidades.

Como tem sido habitual, a Apple apresentou as novas versões dos seus quatro sistemas operativos para iPhone/iPad/iPod Touch, Mac, Apple Watch e Apple TV — respetivamente, o iOS, macOS, watchOS e tvOS.

Como também já é habitual, o Kioske preparou vários artigos que mostram em detalhe todas as novidades que foram apresentadas, bem como aquelas que a Apple só revelou após a keynote. Neste artigo, vamos cobrir todas as novidades do tvOS, watchOS e macOS.


tvOS 11


f1496682992.jpg

Tim Cook começou a keynote de apresentação com o tvOS, que recebeu pouco destaque na longa apresentação. As novidades são poucas e não muito relevantes para utilizadores no nosso país. Dito isto, eis as novidades apresentadas no sistema operativo das Apple TV’s:

  • Nova app para o serviço Amazon Prime Video
  • Transição automática entre modo escuro e modo “normal”
  • Suporte a notificações e sons de fundo
  • Melhorias na API Focus
  • Suporte a sons personalizados
  • Emparelhamento através da internet
  • Melhorias na Gestão de Dispositivos Móveis

O tvOS 11 já tem beta disponível para programadores e estará disponível para o grande público no outono. Adicionalmente, o tvOS fará agora parte do programa público de betas, pelo que se espera que esteja disponível, para quem tiver inscrito, em breve. O tvOS 11 é compatível com Apple TV de quarta geração.

 

watchOS 4


A nova versão do sistema operativo de Apple Watches receberá novidades bem-vindas. Trata-se de uma atualização modesta, com poucas mas boas novidades, sendo estas:

  • Novas faces de relógio:
    • Siri baseada em machine learning e na proatividade da assistente
    • Caleidoscópio, em que é selecionada uma foto e são produzidos efeitos quando a coroa digital é rodada
    • Personagens do Toy Story (Woody, Buzz Lightyear, Jessy)
  • Melhorias na aplicação Atividade
    • Novos objetivos mensais
    • Treino e recomendações inteligentes, de modo a motivar cada utilizador
    • Notificações todas as manhãs para motivar o utilizador a atingir um objetivo
    • Indicação específica de quanto um utilizador tem de andar para fechar os anéis da aplicação
  • Melhorias na aplicação Treino
    • Novo modo de treino — High Intensity Interval Training (treino de alta intensidade)
    • Será possível combinar várias formas de treino numa só sessão de modo a contar as calorias e o tempo total numa sessão (triatlo, por exemplo)
  • Nova API, GymKit
    • Será possível ao relógio falar com diversos equipamentos de fitness
    • Futuramente compatível com equipamentos de marcas como Technogym ou Life Fitness
    • Troca de informação entre dispositivos
  • Aplicação Música redesenhada

O watchOS 4 será compatível com todos os Apple Watch (original, Series 1 e Series 2). Tal como o tvOS, o watchOS 4 já tem uma beta disponível para programadores, e a versão final será lançada no outono.

 

macOS High Sierra


A primeira grande questão em relação ao sistema operativo dos Macs é, sempre, qual o nome a atribuir. Craig Federighi respondeu prontamente a esta questão — o macOS High Sierra é a nova versão e tem boas novidades, que o tornam num “macOS Sierra melhor":

  • Melhorias no Safari
    • Browser de desktop mais rápido do mundo
    • Bloqueio de reprodução automática de conteúdo
    • Prevenção de tracking inteligente
    • Abertura automática do Leitor, que mostra artigos num formato limpo e sem “lixo”
  • Melhorias no Mail
    • Mensagens ocupam menos 35% de espaço
    • Ecrã de novas mensagens pode ser aberto em ecrã completo
      • Pesquisa mais fácil com a funcionalidade Top Hits
  • Melhorias nas Fotografias
    • Importações em ordem cronológica
    • Reconhecimento de faces melhorado e integração com iCloud
    • Laboratório de fotografias (impressão de livros) aberto a terceiros
    • Barra lateral sempre presente
    • Novas opções de edição de imagem
    • Opção de converter Live Photos em GIFs
  • Sistema de dados por defeito será o APFS (Apple File System)
  • Suporte ao HEVC (H.265)
    • Streaming de vídeos em 4K com redução de dados em 40%
    • Utilização de aceleramento de hardware em Macs mais recentes
  • API Metal 2 apresentada
    • Suporte a machine learning
    • Suporte a placas gráficas externa
      • Developer Kit apresentado, com placa gráfica ATI Radeon, caixa e ligação por USB-C
    • Suporte a Realidade Virtual
      • Acordos com Steam, Unity e Unreal Engine 
  • Siri no Mac com voz mais natural
  • Suporte a adição de tabelas simples na aplicação Notas
  • Pesquisa Spotlight mostra informações sobre voos
  • Partilha de Ficheiros iCloud permite aos utilizadores partilhar qualquer ficheiro na iCloud Drive e colaborar com outros

O macOS High Sierra estará disponível para o grande público no outono, sendo que já está disponível uma beta para programadores, e no final do mês estará disponível uma beta pública.

 

Veja (ou reveja) a nossa cobertura da keynote de ontem no YouTube, e não deixe de ler os restantes artigos que cobrem todas as novidades apresentadas!