Rumores “iPhone 8”: temos boas e más notícias… o que querem ler primeiro?

Pois é, os rumores sobre o “iPhone 8” continuam a surgir a ritmo elevado mas desta vez temos boas novas para vos trazer e infelizmente também rumores menos bons.

Começando pelas boas, a Fast Company publicou um artigo com base em fontes anónimas que afirmam que o “iPhone 8” virá equipado com um laser traseiro 3D, por forma a melhorar o autofoco da câmara, um rumor que não é novo mas ganha agora novo fôlego. Estes laser serão capazes de “calcular a distância que a luz percorre do laser até o alvo e volta ao sensor, gerando uma medida de tempo de voo (TOF2). O sistema consiste em uma fonte (o laser VCSEL), uma lente, um detector (sensor) e um processador. O sistema inteiro custa cerca de US$2 por telefone” (via MacMagazine).

Além disso, as mesmas fontes dizem que a vinda deste sistema para o “iPhone 8” irá melhorar significativamente o desempenho da realidade aumentada no iOS 11.

Agora, os rumores menos bons, também vindos da Fast Company (mas não só). Durante o passado mês de junho, os engenheiros da Apple começaram a trabalhar a todo o vapor na correção de bugs cruciais do iOS 11 para o “iPhone 8”, por forma a que novas funcionalidades rumoradas como o carregamento sem fio e reconhecimento facial 3D estejam prontas a funcionar quando a edição especial do smartphone da Apple for apresentada. Mas, segundo a Fast Company, se estes bugs não forem corrigidos a tempo, o “iPhone 8” poderá chegar ao mercado com estas duas funcionalidades desativadas e só posteriormente, via atualização do iOS, é que a Apple iria ativar essas funções.

Na minha opinião, isto seria muito preocupante caso acontecesse, nomeadamente o reconhecimento fácil, uma vez que se fala em este ser o único método de autenticação biométrico no iPhone, dada a quase certa saída do Touch ID do equipamento. Ou então, para pôr como hipótese esta função vir como uma atualização mais tarde, pode significar precisamente o contrário e o Touch ID continuará a equipar os iPhones. Pelo menos para já…