‘’Querida, encolhi o computador’’

À cerca de 2 anos, a 20 de agosto de 2013, John Leake decidiu criar um Macintosh Classic em miniatura (1/3 do tamanho original). Sem dúvida que este foi um dos computadores que mais marcou a Apple, e que ainda hoje lhe dá nome. Ainda noutro dia me perguntaram que marca era o meu relógio, e quando eu ia dizer que era da Apple, disseram-me que já tinham visto que era da ‘’Macintosh’’ pelos ícones, portanto, o Macintosh continua a ser um dos principais marcos da Apple.

Mas o mais interessante não é apenas o facto de ser uma miniatura, mas por ser uma miniatura que funciona a 100%.

A estrutura do Macintosh foi feita utilizando Sintra PVC de 3mm (folhas de plástico), x-acto e lixa. A parte dos lados e da frente foi feita para formar uma única peça, tendo como segunda peça a parte de cima e de trás.

O mini-Macintosh conta com duas portas USB, uma porta HDMI e uma porta de ethernet.

Como visor tem um ecrã de 3.5 polegadas. Este está fixo com dois suportes na parte de baixo e duas fitas de velcro na parte de cima. Todos os outros componentes são fixos apenas com alguns parafusos.

Internamente o computador tem um Raspberry-Pi modelo B, com 512mb de RAM, 4 portas USB, duas que são para conectar periféricos externos, e duas que ficarão dentro do Mac que servirão para conectar um adaptador Wi-Fi e um Bluetooth. Dentro do Macintosh está também um adaptador de energia POWERGEN com duas portas USB que alimenta tanto o Raspberry-Pi como o monitor (apesar de este necessitar de 12v, está a funcionar na perfeição com apenas 5v).

Para que tudo coubesse dentro da miniatura, Leake teve de fazer algumas alterações nos componentes, mas passados algum tempo, o Macintosh finalmente falou por ele mesmo e disse ‘’Olá’’ ao mundo:

Não deve de ter sido nada fácil construir uma máquina deste tamanho e que funcione. É espetacular o modo como a tecnologia evoluiu em tão pouco tempo. Um computador com um terço do tamanho do original que têm mais ‘’poder’’ do que o original. Impressionante. No entanto, esta brincadeira deve ter ficado um pouco cara, se não eu era capaz de tentar fazer um igual.

E vocês o que acharam deste projeto? Deixem as vossas respostas e opiniões nos comentários em baixo!