iTip: Como testar em segurança o novo macOS Sierra (beta)

Apesar da Apple disponibilizar um programa de testes para o grande público, os riscos são muito grandes: as versões betas geralmente são carregadas de bugs e podem interferir com atuais instalações. Assim, o Kioske não recomenda a instalação dos betas nos dispositivos que mais usa regularmente. Porém, há uma maneira de contornar este “problema” nos Macs: criar uma partição no seu disco, totalmente independente da que usa normalmente. Desta forma, poderá testar o novo macOS sem qualquer risco.

Precisará de pelo menos 30GB disponíveis no seu disco e de uma cópia do macOS Sierra, que poderá descarregar seguindo as instruções do website do programa de software beta da Apple.

   1. Depois de ter feito um backup de todos os seus dados, abra o utilitário de discos e selecione o disco onde deseja instalar o sistema operativo;

   2. Crie uma partição, clicando no botão ‘+’ e escolhendo o espaço desejado (mínimo recomendado de 30GB). Clique em ‘Aplicar’ e o Mac tratará do resto.

   3. Criada a partição, basta abrir a aplicação “Install macOS Sierra Public Beta” e, quando chegar à janela de seleção do destino da instalação, deverá selecionar a partição que criou anteriormente.

   4. Clique em ‘Instalar’ e o computador tratará do resto. Quando a instalação terminar, um aviso perguntar-lhe-á se pretende que os seus ficheiros sejam transferidos para a nova instalação — recomendamos que não o faça, uma vez que a melhor maneira de testar é mesmo com uma instalação limpa.

Após algum tempo, o computador reinicia no macOS Sierra, e pode começar a testá-lo à vontade. Para voltar ao OS X El Capitan, basta reiniciar o computador e, assim que ouvir o som de inicialização, pressionar a tecla Option (⌥) e selecionar o disco onde o sistema se encontra instalado.

Apesar do processo ser relativamente simples, se achar muito arriscado, não se preocupe — o macOS Sierra sairá para todos os utilizadores no outono deste ano. Bons testes!