iTip: Como otimizar a bateria do seu MacBook

Otimizar Bateria MacBook.jpg

Muito se tem falado - não propriamente pelas melhores razões - do que a Apple tem feito para as otimizar as baterias em iDevices nos últimos tempos. Temos alguns artigos onde abordamos essa temática, como a dica de “Como verificar o estado da bateria do iPhone", a de “Como otimizar a bateria do seu iPhone” e mais recentemente a de “Como otimizar a bateria do seu Apple Watch”. E os Macs? Pois bem, chegou a hora de falar da bateria deles e de que forma podemos maximizar a sua vida útil. Com base neste artigo de suporte da própria Apple, eis o que devemos fazer:

Atualizações

Apesar de poder contrariar o senso comum de algumas pessoas, muitas das atualizações de software da Apple incluem novas tecnologias de poupança de energia, pelo que é desejável ter o dispositivo sempre atualizado. Para saberem se é necessário atualizar, basta aceder ao “menu Apple”, selecionar “Acerca deste Mac” e depois “Atualização de software”.

Para saberem quando é “seguro” atualizar o vosso dispositivo, podem consultar esta página específica do Kioske.

Temperatura

A temperatura é o principal tendão de Aquiles das baterias. A Apple diz que a zona de conforto ideal para todos os seus dispositivos é a temperaturas entre os 16º e 22ºC mas, no caso dos MacBook, estão preparados para funcionarem corretamente a temperaturas entre os 10 e 35ºC. O problema é em temperaturas fora deste intervalo, sobretudo acima de 35ºC que podem danificar a capacidade da bateria de forma permanente, e será ainda pior que tivermos que carregar a bateria acima desta temperatura. Já em ambientes frios, a diminuição da autonomia da bateria é temporária, ou seja, quando a temperatura da bateria regressar ao intervalo de funcionamento normal, o seu funcionamento vai também regressar ao normal.

Zona Conforto MacBook.png

Armazenamento Longa Duração

Se tivermos que armazenar um Mac por períodos longos, isto é, deixá-lo sem utilização, devemos ter em consideração não só a temperatura ambiente, como também a percentagem de carga na bateria. Idealmente devemos deixar o dispositivo desligado com cerca de 50% de bateria e num ambiente livre de humidade e a uma temperatura inferior a 32°C. Caso contrário, se guardarmos o dispositivo com a bateria totalmente descarregada, esta pode entrar num estado de descarga profunda, impossibilitando o seu carregamento. Se, pelo contrário, guardarmos com a bateria totalmente carregada por um longo período, esta pode perder alguma capacidade de autonomia. Caso o período que pretende guardar o dispositivo seja superior a seis meses, deverá efetuar-se um carregamento até 50% de seis em seis meses. A Apple refere ainda que após o armazenamento prolongado, podem ser necessários 20 minutos de carregamento com o adaptador original até ser possível utilizar o dispositivo.

Otimizar Definições

Existem ainda algumas otimizações ao nível de software que permitem maximizar a autonomia do Mac. Por exemplo, o painel de preferências de poupança de energia - em “Preferências do Sistema -> Poupança de energia” -  inclui várias definições que determinam níveis de energia para o MacBook, conforme o computador esteja ligado à corrente ou quando é alimentado pela bateria. Neste último caso, o ecrã é escurecido e os outros componentes são utilizados em modo de economia. Claro que se alterar esta definição para aumentar o desempenho, a bateria gasta-se mais rapidamente.

Outra opção para aumentar a autonomia da bateria é escurecer o ecrã para o nível mais baixo. A Apple dá o exemplo de ver um vídeo num avião, onde pode não ser necessária a luminosidade total se as luzes estiverem desligadas.

O Wi-Fi também é algo em ter em conta, uma vez que consome energia mesmo que o MacBook não esteja ligado a uma rede, pelo que nestas circunstâncias poderá ser uma boa opção desligá-lo no menu de estado Wi-Fi, na barra de menu ou nas preferências de rede.

Menos óbvio são as aplicações e periféricos. Neste último caso, a Apple recomenda desligar todos periféricos que não estiverem a ser utilizados (inclusivamente cartões SD) e no caso das aplicações, fechar as que não forem necessárias.

Espero que esta dica vos ajude a tirar o máximo partido da bateria do vosso MacBook!