Google paga mil milhões de dólares à Apple para se manter o motor de pesquisa por defeito no iOS

A Google está atualmente numa disputa jurídica com a Oracle, e por vezes nestas disputas alguns dados sobre as empresas são expostos publicamente. Foi o caso da quantia que a Google pagou à Apple em 2014 para se manter o motor de pesquisa por defeito no iOS, que foi nada mais nada menos que mil milhões de dólares americanos.

As duas empresas têm um acordo, no qual a Google paga à Apple uma percentagem dos lucros obtidos em dispositivos com o sistema operacional móvel. Não se sabe qual a percentagem exacta, sabe-se que a Google afirmou que corresponde a 34%, mas não afirmou se esses 34% é o capital mantido pela Google ou o pago à Apple.

A exposição desta informação deixou os empresários de ambas as empresas bastante chateados, afirmando que será agora mais difícil fazer bons negócios com outras empresas, e que a troca de informações entre as duas é bastante confidencial por estes motivos. 

Numa nota relacionada, foi também exposto o lucro que a Google teve com o Android desde a sua concepção em 2008 - US$31 mil milhões. Em comparação, no último trimestre fiscal, a Apple fez cerca de US$32,5 mil milhões só com a venda de iPhones. Ou seja, o que levou à Google 8 anos, a Apple conseguiu em 3 meses. 😜 Obviamente, estamos a tratar de estratégias de venda diferentes - enquanto a Apple produz tudo de um iPhone, a Google apenas licencia o seu sistema operativo às grandes marcas.