Chegou ao fim o chipgate!

Como sabemos, alguns iPhones viram o seu lançamento assombrado por alguns “gates”, sobretudo a nível de hardware, como foi o caso do antennagate com iPhone 4 e mais recentemente o bendgate com iPhone 6 (sobretudo o Plus).

O iPhone 6s “prometia” mais um gate devido ao facto de estarem a ser utilizados duas fabricantes diferentes para produzir os processadores dos dispositivos, o que poderia levar a diferenças na performance. No entanto, a Consumer Reports, que foi particularmente dura com o iPhone 4 na altura do antennagate, após a realização de vários testes afirmou que o chipgate não existe. Os testes passaram por verificar a duração da bateria, mantendo os dispositivos nas mesmas condições de luminosidade do ecrã, ligações, temperatura, versão do iOS, apps instaladas e a correr, etc. Os instrumentos utilizados para medir as eventuais disparidades revelaram que a diferença entre iPhones com chips diferentes é inferior a 1%, não sendo assim perceptível na utilização diária dos dispositivos.

A Consumer Reports acrescenta ainda que factores como a temperatura ambiente, apps a correr, etc., influenciam a performance da bateria, o que poderá justificar alguns dos resultados que foram surgindo da internet e que apontava para diferenças de performance maiores.