CES 2016: Chegou o verdadeiro carregamento sem fios para iPhones (e não só)

A startup norte-americana Ossia apresentou um novo carregador sem fio na CES que permite ao utilizador, ao contrário dos sistemas existentes que funcionam como carga por indução, deslocar-se com o dispositivo que está a carregado num raio de 3 metros, sem qualquer cabo conectado.

Assim, este sistema da Ossia é totalmente remoto, ou seja, qualquer dispositivo pode ser carregado sem nenhum tipo de acessório, desde que tenha o chip da empresa integrado na placa-mãe. O sinal para carregamento é emitido por um hub que faz lembrar o Mac Pro, e que atua de maneira similar a um router, carregando dispositivos como smartphones, tablets, comandos (e não só) à distância. Segundo a empresa, a antena que equipa o sistema consegue identificar de forma autónoma os dispositivos no ambiente que precisam de carga, e distribui a energia diretamente para esse dispositivos, mesmo através de paredes.

Para o caso de smartphones que não vêm equipados com o chip recetor, como por exemplo os iPhones, existe uma capa com conector Lightning que deixa o dispositivo apto para este tipo de carregamento. a startup tem também disponível pilhas com esta tecnologia e que possibilitam que, por exemplo, deixe de ser preciso trocar as pilhas do comando da televisão, desde que o comando esteja no raio de alcance do hub.

Claro que nem tudo são rosas, e há limitações. Até ao momento, o principal problema é o tempo que demora para carregar um gadget, podendo levar até quatro vezes mais do tempo habitual. Por outro lado, esta tecnologia ainda só permite carregar um dispositivo de cada vez mas o seu potencial é de facto enorme e julgo não haver dúvidas de que este é o futuro do carregamento de dispositivos.