Apple publica artigo de suporte onde explica “prós e contras” do ecrã OLED do iPhone X

Ecra Super Retina iPhone X.jpg

A Apple publicou esta semana no seu site um artigo de suporte onde dá a conhecer melhor o ecrã Super Retina do iPhone X, e como tirar maior proveito do mesmo.

Isto porque, claro, um ecrã OLED tem muitas vantagens relativamente aos ecrãs IPS que equipavam os iPhones até então, tais como uma elevada resolução, contraste, brilho e como não é necessário ter retroiluminação, já que cada píxel emite a sua própria luz, o ecrã é mais fino.

Porém nem tudo são rosas e é também por isso que este artigo foi criado, para que as pessoas não estranhem algumas “nuances” do ecrã e pensarem que se trata de um problema. A Apple diz que “se olhar para um ecrã OLED de ângulos diferentes, poderá reparar que a cor e a tonalidade sofrem ligeiras alterações”.

Além disso, é possível também que o ecrã apresente “"persistência da imagem" ou um efeito de "imagem queimada", isto é, o ecrã apresenta um vestígio esbatido de uma imagem, mesmo após a substituição dessa imagem por uma nova”. Podem consultar o artigo completo aqui.

Não tenho dúvidas que a Apple criou este artigo para evitar idas desnecessárias a uma Apple Store ou reparador autorizado. Ainda assim, não sei se o utilizador comum vai compreender o facto de ter pago cerca de 1.200€ para ter problemas de “imagem queimada”…