Apple poderá ter diminuído de forma intencional a performance em iPhones 6 e 6s para resolver os problemas de bateria

Bateria iPhone 6s.jpg

No ano passado, mais concretamente em novembro, noticiámos que a Apple tinha aberto um programa de substituição para iPhones 6s com problemas de encerramento inesperado relacionados com a bateria. Porém, isto não terá sido suficiente para resolver o problema uma vez que houve mais utilizadores a queixarem-se deste problema, pelo que a Apple lançou na altura a atualização do iOS 10.2.1 para tentar resolver de vez a questão.

Após o lançamento desta atualização, a Apple disse que o problema de encerramento inesperado diminuiu em 80% nos iPhones 6s e 70% nos iPhones 6. Até aqui, tudo bem, certo? Errado, pois parece que o que a Apple fez com esta atualização foi diminuir a performance destes dispositivos por forma a não afetar tanto a bateria, segundo o que uma série de utilizadores têm dito no Reddit.

Para comprovar isto, alguns desses utilizadores publicaram imagens que mostram a medição da performance do seu dispositivo no Geekbench, com o iPhone em diferentes estados de autonomia:

Ou seja, o que a atualização do iOS fez aparentemente foi implementar um modo de baixa potência “permanente” nestes dispositivos quando a bateria atinge determinado valor de percentagem. Recordamos que, entre outras coisas, o modo original de “baixa potência” do iOS reduz a velocidade máxima em que o processador pode trabalhar. 

Adicionalmente, este “modo” parece que só entra em ação após um determinado número de ciclos da bateria, pelo que uma das soluções para conseguir ter de volta a performance original do dispositivo passa por trocar a bateria por uma nova.

Se esta decisão da Apple se confirmar como ter sido intencional, parece-me que vai ser, no mínimo, polémica, pelo que aguardemos cenas dos próximos capítulos.