Apple patenteia stylus que cria versão digital do que escrevemos

Foi concedida recentemente uma patente à Apple de uma nova stylus digital capaz de transmitir o que escrevemos para um dispositivo a que esteja conectada.

Segundo esta patente, a stylus tem ainda uma ponta adaptável, permitindo que seja utilizada como uma simples caneta, um marcador de quadro branco ou então a ponta típica de borracha, característica das stylus tradicionais. O facto de ter embutido vários sensores permite que este dispositivo perceba quando deve entrar em ação e começar a transmitir o que o utilizador está a escrever para o dispositivo ao qual está conectado. Estes sensores também permitem, por exemplo, que o utilizador desenhe ou escreva no ar, não sendo assim necessário qualquer superfície.

Na prática, existem muitas situações onde esta stylus pode ser muito útil. Por exemplo em reuniões, o utilizador poderá transmitir para vários monitores o que está a escrever no seu papel. Outra aplicação poderá ser o simples facto de tirar notas numa folha de papel enquanto que é enviado uma versão digital para o tablet guardado na mochila, para mais tarde ser editado.