Apple acaba com o uso de dois produtos químicos perigosos na montagem dos seus produtos

A Apple anunciou recentemente que está a retirar dois produtos químico perigosos do processo de montagem final de iDevices: o benzeno e o n-hexano.

O benzeno é uma substância cancerígena que pode causar leucemia se não for manuseada adequadamente, enquanto que o n-hexano tem sido associado a danos nos nervos.

Esta decisão vem na sequência de uma investigação conduzida pela Apple a 22 fábricas, durante 4 meses, em que se concluiu que nenhum dos químicos anteriormente mencionados ponha em perigo os trabalhadores dessas fábricas. Mesmo assim, a decisão da Apple foi de banir o uso destes produtos.

A Vice-Presidente para as Iniciativas Ambientais da empresa da maçã Lisa Jackson disse que a empresa queria “responder às preocupações” existentes e reduzir a exposição a substâncias químicas:

Nós achamos que é realmente importante demonstrar liderança e encarar o futuro tentando usar químicos mais “verdes”.
— Lisa Jackson, Apple's VP

A Apple não é a única empresa a utilizar estes químicos no seu processo de montagem de produtos. Por exemplo, podemos encontrar vestígios de benzeno em gasolina, cigarros, tintas e colas.